sábado, 11 de maio de 2019

As melhores mães das HQs!


O dia das mães, para muitos, é para muitos apenas aquela data em que reunimos a família para uma confraternização entre os parentes mais próximos buscando comemorar o dia de nossas queridas, lindíssimas e adoráveis progenitoras.
Mas para todo o fã de quadrinhos, do nosso querido universo geek, todos os dias, os nossos heróis possuem seu dever de salvar o mundo de qualquer ameaça eminente e, claro, nos agraciar com seus incríveis poderes - ou não - em seu universo cativante e fantástico.  Tendo em vista os nossos companheiros muitíssimo  presentes em nossas vidas, por que não lembrar um pouquinho de nossas mães heroínas e das mães dos nossos heróis favoritos?

Hipólita, mãe de Mulher-Maravilha

Imagem relacionada
Diana Prince é a nossa querida e aclamada Mulher-Maravilha, e como todos conhecem sua historia, ela é uma poderosíssima Amazona. Tem como mãe ninguém menos que Hipólita, a rainha de Themyscira e das amazonas. Por ser dona de um título tão nobre e forte, Hipólita às vezes pode parecer muito dura e severa, além do mais, ela busca proteger Diana e prepará-la para seu futuro pois herda diversos poderes e responsabilidades, não só com seu povo mas com o mundo, logo que ela decidiu tornar-se a Mulher-Maravilha. Sua preocupação é se Diana será uma líder forte, sábia e uma potencial guerreira. Então foi compreensível toda essa postura adotada por Hipólita ao longo de sua criação. Hipólita compreendeu a necessidade da filha como Mulher-Maravilha, e aceitou que Diana faria mais como a super-heroína que decidiu ser.

Martha Kent, mãe de Superman

Resultado de imagem para Martha Kent hq
Uma das provas de que os laços construídos não precisam ser, necessariamente, de sangue. A mãe de Clark Kent e também um grande ícone, o Superman, foi o pilar principal na criação do caráter e senso de justiça de um dos heróis mais reconhecidos e exibido como exemplo ao longo da história do mundo dos quadrinhos. Além de ter encontrado uma criança fora do normal e não compreender perfeitamente todas as suas necessidades, ela salvou alguém que ela não fazia a menor ideia da proporção que influenciaria na sua vida. Independentemente de qualquer circunstância negativa que o Clark pudesse ter passado por suas diferenças, ele recebeu amor incondicional de sua mãe.

May Parker

Resultado de imagem para may parker hq
A tia mais fofa dos quadrinhos! Ah qual é, a Tia May foi uma mãezona, né? Além de os pais do Peter tê-lo deixado sob os cuidados do tio Ben e da tia May, ela assumiu perfeitamente o papel de mãe na criação do Peter, pois o criou desde muito cedo, após o falecimento de seus pais. Superando barreiras enormes com perda de seu marido, May deu apoio incondicional ao Peter e mesmo depois de descobrir que seu sobrinho era o Herói da Vizinhança, o incrível Homem-Aranha, ela o apoiou da mesma forma, além de ter trabalhado para aumentar a fama do herói! Não é mesmo uma fofa, gente?

Sue Storm

Resultado de imagem para Sue Storm franklin e valeria hq
Sue é mãe do Franklin Richards, um dos seres mais poderosos dos quadrinhos da Marvel que possui o poder de alteração da realidade e da superinteligente Valeria Richards. Conhecida como Mulher-Invisível, Sue além de ser uma Super-heroína exemplar, também zela pelos cuidados e proteção de sua família. Sempre foi protetora dos demais membros do Quarteto Fantástico. Sue tem que lidar com a criação dos seus filhos superpoderosos e super-problemáticos sozinha, por conta da ausência de seu marido devido a sua compulsão por trabalho. Embora seus filhos possam se envolver em algumas das aventuras do Quarteto Fantástico por ambos também possuírem poderes, e pelo fato de não ser tão perigoso por Sue ter habilidades de escudos de proteção - o que cai como uma luva para uma mãe super protetora como Sue, de certo modo isso não a impediu de continuar atuando na equipe, mas após a maternidade, isso não veio a se tornar prioridade como antes.

Feiticeira Escarlate, mãe de Tommy e Billy

Imagem relacionada
É notório que a Feiticeira Escarlate e o androide, Visão, não poderiam erar filhos da forma convencional. Então seus gêmeos foram gerados através de magia. A origem dos filhos Tommy e Billy fora a personificação do amor envolto a Wanda e Visao, demonstrando as barreiras enfrentadas por eles para a idealização e realização de uma família; Devido a sua origem ter sido mágica, os gêmeos deixaram de existir, ao serem absorvidos por Mefisto, o que desestabilizou Wanda completamente, levando-a a alterar a realidade, e criar um novo mundo, onde a maioria dos habitantes eram mutantes e que seus filhos ainda estavam vivos. O amor de uma mãe foi tão grande, a ponto de modificar a realidade para tê-los a salvo!

Jessica Jones, mãe de Danielle

Imagem relacionada
Jessica passou por diversos obstáculos na sua vida: problemas com alcoolismo, o trauma de Killgrave, os seus diversos casos como investigadora particular e muitos outros perigos constantes. Como uma mulher de força e extremamente determinada, superou todas essas barreiras. Após gerar uma filha sua e de Luke Cage, ela torna-se ainda mais destemida com seus deveres e na superação de seus desafios. Buscando a segurança e proteção de sua filha, Jessica foi capaz de se aliar a Tony Stark após a Guerra Civil, registrando-se como uma mutante superpoderosa. Para criar Danielle, Jessica abandonou sua vida de super-heroína, dedicando-se totalmente à sua amável filha. Luke acabou por se tornar alvo de Norman Osborne, obrigando Jessica a esconder-se com sua filha para ficarem longe de qualquer ameaça. No fim das contas, ela contratou ninguém menos que uma super-heroína que já derrotou o titã Thanso, a Garota-Esquilo para ser a babá de Danielle. Só uma super-mãe para buscar mãos tão seguras para proteger sua filha!

Mulher-Aranha, mãe de Gerry

Resultado de imagem para Mulher-Aranha
Após a batalha com os Herdeiros, Jessica Drew decidiu deixar os Vingadores e focar em ajudar civis comuns. No ano seguinte, ela realizou o processo de gravidez através de inseminação artificial. E se você achou que ela abandonaria os combates por conta da gravidez, você achou completamente errado! Foi tão intensa a forma que ela ainda se envolvia em batalhas, que ela acabou entrado em trabalho de parto numa dessas contra o exército Skrull: tendo a ajuda da Capitã Marvel, a Mulher-Aranha entrou numa maternidade controlada pela Tropa Alfa, que, na verdade, havia sido tomada por Skrulls e Jessica precisou bolar um plano com as outras mães da maternidade para derrotá-los! No meio dessa batalha, Jessica entrou em trabalho de parto. Além de, posteriormente, a Capitã Marvel revelar que a maternidade na verdade ficava em um buraco negro. Em seguida, ela retorna para acabar com a última onda de Skrulls. Embora seja um tanto quanto arriscado uma gravidez em meio a chutes e socos em vilões, Jessica redimiu-se após o nascimento de Gerry pois percebeu que a vida de super-heroína seria muito perigosa com um ser que dependia totalmente dela. Aposentou-se como Mulher-Aranha e se dedicou inteiramente a Gerry.

No fim das contas, as mães da ficção não são tão diferentes das mães reais; afinal, todas as nossas mães são super-heroínas e dariam a própria vida para nos proteger!
  1. Já tinha visto você falar sobre as matérias que escrevia mas nunca parei pra ler, essa foi a primeira e adorei. Espero que continue pq além do talento como cosplayer tbém é boa escritora ^^

    ResponderExcluir

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Escreva oque quer procurar